Artrópodes de Importância Médica – DIPTERA!

Psychodidae: flebotomíneos

Simuliidae: borrachudos. Aproximadamente 1.000 espécies no mundo

Culicidae: pernilongos. Aproximadamente 3.000 espécies no mundo

Muscidae: moscas. Compreende as motucas, as moscas domésticas e a mosca tse-tse

Ceratopogonidae: mosquito pólvora

Tabanidae: moscas do gado e dos cavalos

                                                        Psychodidae: os flebotomíneos

Lutzomya: Novo Mundo

vetores de leishmanioses nas Américas

Bartonella baciliformes: bactéria desde erupções cutâneas benignas até anemia progressiva.

Imagem3

                                                          Simuliidae: os borrachudos

Transmissão de oncocercose nas Américas e na África

larvas aquáticas: água bem oxigenada.

Imagem4

                                                                 Culicidae: os pernilongos

Duas subfamílias de grande importância médica: Anophelinae   e   Culicinae.

Anofelinos:

Desenvolvimento em diferentes tipos de coleções de água – salobra, doce.

Adulto: hábitos noturnos ou crepusculares

Ciclo esporogônico completo de Plasmodium

Vetores mais importantes da malária no Brasil: An. darlingi, An. aquasalis e An. cruzi

Imagem6

Culicíneos:

Maior subfamília de mosquitos Culex e Aedes

Transmissão de importantes endemias: filariose linfática, febre amarela urbana e silvestre, dengue e outras arboviroses.

Culex quinquefasciatus: mosquito doméstico, altamente antropófilo, hábitos noturnos, transmissor da filariose linfática, desenvolvimento: água limpa ou poluída

Imagem7

Aedes aegypti: urbano e doméstica, altamente antropófilo, hábitos diurnos, principal transmissor da febre amarela urbana e do dengue, desenvolvimento: água limpa parada.

Imagem8

Muscidae: as moscas.

Motucas ou mutucas: algumas espécies são hospedeiras intermediárias da filária Loa Loa

Mosca doméstica: vetor mecânico de bactérias e vírus

Moscas do berne e varejeiras

Imagem9

Miíases: 

–Afecções produzidas pela presença de larvas de moscas em tecidos de animais vertebrados

–Larvas biontófagas, capazes de invadir tecidos sadios

–Larvas necrobiontófagas, invasoras de lesões preexistentes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s